segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Toma de Viartril (glucosamina): sem qualquer benefício.




Há uns anos atrás, o Viartril (Glucosamina do laboratório Delta) apareceu no mercado como sendo um medicamento "milagre", retardava a progressão da osteoartrose e reconstituía a cartilagem destruída.


Vários estudos clínicos confirmam que a sua toma não tem qualquer efeito benéfico para estes doentes.



Podemos ler nas indicações do Viartril (e o mesmo é valido par aos numerosos genéricos da glucosamina: tratamento dos sintomas da osteoartrose, isto é dor e limitação da função.


Grande parte da população idosa sofre de doença óssea degenerativa, em que a cartilagem que cobre os ossos se degrada, provocando dores e limitações funcionais. A glucosamina é uma molécula endógena, isto é sintetizada pelo próprio organismo a partir da glucose. Esta molécula está presente nas cartilagens ósseas sob a forma de glicosaminoglicanos.



Os comprimidos de glucosamina são propostos como adjuvante no tratamento a longo prazo para a artrose, o que representa um aliciante e vastíssimo mercado para a indústria farmacêutica.




Já em 2008, no dia 19 de Fevereiro, o "Annals of Internal Medicine" publicava o resultado de um ensaio clínico com a glocosamina: "Effect of glucosamine sulfate on hip osteoarthritis". Nele, 222 doentes com coxartrose foram divididos em 2 grupos: um recebia 1500mg por dia de glucosamona e o outro recebia um placebo (medicamento sem qualquer efeito terapêutico). Ao fim de 2 anos foram avaliados. Os resultados tiveram em conta a dor, a rigidez, a mobilidade e o aspecto radiológico. Em todos estes parâmetros, os resultados dos doentes que tomavam glucosamina não foram melhores dos que não tomavam nada (placebo).



Este ano, a revista JAMA (Journal Of the American Medical Association) publicou um ensaio clínico com doentes que também tomavam 1500mg de glucosamina versus placebo, em doente com dores lombares por artrose. Como esperado, a glucosamina não teve quaisquer efeitos benéfico nos doentes com ela medicados.



Finalmente, no dia 16 de Setembro de 2010, o British Medical Journal" (BMJ), publicou "Effects of glucosamine, chondroitin, or placebo in patients with osteoarthritis of hip or knee: network meta-analysis", uma revisão de 10 ensaios clínicos. Mais uma vez, este artigo confirma que a glucosamina não tem qualquer efeito benéfico em relação à dor ou à diminuição do espaço interarticular.






http://www.bmj.com/content/341/bmj.c4675.abstract?papetoc


http://www.annals.org/content/148/4/268.abstract

5 comentários:

  1. Se está cientificamente comprovado que o medicamento não faz efeito nenhum, porque os médicos o receitam? Por acaso eu tomo, mas pensei que teria melhores resultados, mas se assim é, devo parar de tomar ou continuar? agradecia uma resposta. obrigada

    ResponderEliminar
  2. tambem tomei por 3 meses,cmo citava na bula,e nada mudou...como entao ainda esta a venda no mundo? e quando queremos fazer a hemoterapia nao é possivel,pois nao esta comprovado cientificamente? façam as pesquisas amigos,e iniciem a hemoterapia,esta funciona e seu sangue é seu remedio divino,confira e dentro de 3 meses ja nao tera mais nada.. gilberto brasil.

    ResponderEliminar
  3. Eu so tenho 20 anos e tomo 2 comprimidos de viartril e 2 comprimidos structum para ajudar a completar por dia e ajuda me muito em termos de dores consigo fazer dois meses de intervalo de seis em seis meses , sem sentir dores.

    ResponderEliminar
  4. Há estudos que afirmam que é efectivo, e outros que não é efectivo. Há pessoas que relatam melhoras e há pessoas que não. Não acredito que haja médicos a aconselhar a glucosamina/condroitina, apenas para enganarem os doentes, até porque o medicamento se vende sem recita e eles nada ganham.

    Prefiro ver sempre o copo meio cheio.

    É claro que existem e sempre existiram lóbis a favor da promoção de certos medicamentos. É da condição humana. Daí a um pessimismo e a uma paranóia de que "eles" nos andam a enganar a todos, vai uma certa distância.

    Ver conspirações em todo o lado acaba por nos tornar insensíveis ao que o nosso mundo tem de bom.

    ResponderEliminar
  5. Eu tomei viartril S e, geralmente sou contra milagres de medicamentos, mas em abono da verdade, pelo menos a minha, senti efectivamente melhoras significativas. O que me parece é que se se deixar de tomar se fica algo dependentes pois perde-se algum efeito sobretudo se não houver algum exercício (andar e não sentar no sofá).

    ResponderEliminar