quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Afinal o Clube Bilderberg existe ( e quem o diz é "The Economist")

.

Ainda há uns anos atrás, quem referia a existência do exclusivista Clube de Bilderbergerera acusado de fomentar teorias da conspiração. A semana passada, foi o muito respeitável "The Economist" que confirma que esse clube existe.


Um estranho artigo do "The Economist" fala abertamente e confirma que o Clube Bilderberg é uma estrutura de poder composta por uma "elite cosmopolita" que reúne à porta fechada para construir um mundo no qual uma "superclasse" deseja viver.



Apesar do tom por vezes satírico, o artigo descreve Bilderberg como "uma conspiraçãomaquiavélica que tem por objectivo o domínio do mundo", logo depois confirma que efectivamente este grupo controla grande parte dos acontecimentos económicos e políticos mundiais. O próprio chefe de redacção participa regularmente nas suas conferências anuais.



Neste artigo ficamos a saber entre outras coisas que o Clube Bilderberg foi responsável pela construção da moeda única europeia. Fala também dos clubes mais influentes influentes ao nível mundial, aquelas em que as verdadeiras decisões são tomadas: Bilderberg, Council on Foreign Relations, Comissão Trilateral, Carnegie Endowment for Internacional Peace e o Grupo dos Trinta.


Quanto à crise financeira mundial, diz que esta "superclasse" foi apanhada desprevenida. Depois criticando alguns banqueiros, tenta-nos convencer que foram eles que salvaram o mundo do colapso financeiro. Sabemos que já em 2006, na reunião de Bilderberg no Canadá e em 2007 na Turquia, tinha sido previsto um crash global e uma crise financeira prolongada. Nas reuniões seguintes foram debatidos os meios para controlar a situação económica e financeira, e aumentar a influência mundial desta "superclasse".



Enquanto algumas destas instituições, como o CFR ou a Trilateral, estão progressivamente a abrir-se, as reuniões de Bilderberg permanecem secretas.
Por outro lado, as reuniões de Davos comparativamente com estas mais parecem meras reuniões de Tupperware.


http://infoguerilla.fr/?p=7803

http://www.economist.com/node/17928993/

4 comentários:

  1. Nos pusieron "verdes" a los que llamaban "conspiranoicos"........

    ResponderEliminar
  2. Se fosse eu seria conspirador como é o Economist já é credivel.... Lá está!

    PS: Passe por aqui e veja o ponto relativo a teorias.

    http://richardfalk.wordpress.com/2011/01/11/interrogating-the-arizona-killings-from-a-safe-distance/

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Osga pela dica do site que não conhecia e que aconselho vivamente a visita.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns pelo blog e obrigado pelas informações.
    Abraços,

    http://ordem-natural.blogspot.com

    ResponderEliminar