quarta-feira, 9 de Maio de 2012

O FBI é que fabrica a maioria dos "atentados" terroristas em solo americano.

.






Um dos aviões telecomandado, apreendido pelo FBI, que deveria transportas bombas para fazer explodir o Pentágono !




Já no início do século passado, a polícia americana fabricava verdadeiros atentados à bomba para culpabilizar os anarquistas e assim reprimir os movimentos operários.

O método não mudou. A governação Bush foi das mais férteis nesse domínio, atingindo o seu máximo com os famosos atentados do 11 de setembro.




É que o terrorismo é uma coisa muito prática, permite desviar a atenção do público dos verdadeiros problemas sociais.


Actualmente, a principal função do FBI é, teoricamente, descobrir e anular potenciais atentados terroristas, geralmente nos Estados Unidos. Para justificar, em parte, a sua existência, quando não existem conspirações terroristas em número suficiente, fabrica-nas.


Nos últimos meses, o FBI "conseguiu anular" um grande número de atentados e assim evitar várias "catástrofes":

- apanhou um perigoso homem-bomba que queria fazer explodir o Capitólio,

- anulou perigosos indivíduos que se preparavam para vários atentados, em Nova Iorque, contra sinagogas,

- apanhou um grupo de extremistas que planeavam lança mísseis contra aviões militares,

- a mais cómica de todas: o FBI anulou um projecto em que vários indivíduos iriam lançar pequenos aviões telecomandados cheios de bombas contra o Pentágono!


Todos estes e outros "atentados" foram obra do FBI. Muitos dos seus agentes, disfarçados de terroristas, forneceram o material necessário a verdadeiros extremistas, para que estes possam executar um atentado que irá ser anulado, nos últimos instantes, pelo próprio FBI.


Sobretudo desde a administração Bush, o FBI tem vindo a infiltrar-se nas comunidades muçulmanas americanas, atraindo pessoas para participarem em atentados terroristas que no final serão "desmantelados" pelo FBI.


Como comentava o jornal "Guardian": "nunca chegamos a saber quanto verdadeiros terroristas são apanhados, descontando os lote dos polícias infiltrados".


O fabrico de falsos atentados, além de manter o povo debaixo do medo permanente, o que permite votar leis limitativas das liberdades individuais, também tem como função justificar a própria existência do FBI, e a enorme soma de dinheiros públicos que recebem para lutar contra o terrorismo.



.

3 comentários:

  1. Olá dr. Octopus,
    É do arco da velha!! mas, e o povinho que vai na cantiga?! Não é que dá vontade de distribuir estaladas a torto e a direito? É que é muito grave acreditarem em tudo o que lhes metem à frente. De tal forma que dei com ESTA notícia! Não é nos EUA, mas o RU tão defensor das liberdades individuais e do pluralismo, está a ultrapassar todas as barreiras do bom senso. Não sei porquê, mas fez-me lembrar a Alemanha nazi... a Alemanha dos bufos! Agora imagine como andarão as coisas nos EUA! O medo aprisiona os humanos de uma forma completamente irracional. Estão pessoas a aplicar a lei na Inglaterra que nada têm a ver com isso... cidadãos comuns que nem sequer as podem aplicar num Estado de Direito! Isto está bonito!
    São as empresas de segurança. Ingleses e americanos são todos a mesma escumalha.

    E o dinheiro que recebem é para lutar contra o terrorismo que eles próprios fazem?! Cínicos!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. CIA e Operaçao Ogro (1973)?

    ResponderEliminar
  3. Agora não é necessária a minha presentação porque já sabem quem eu sou.Eu lembro aqui o incendio do Reichstag que foi atribuído aos Comunistas e afinal foi um «trabalho» da Gestapo para ter um motivo pra começar a dar caça aos comunistas e até mesmo aos socialistas na Alemanha.Ainda lembro aqui que há já muitos anos,o Diário de Lisboa publicou uma caricatura que representava o Salazar e o Franco a regarem um jardim em que as flores eram foices e martelos
    E a conclusão a tirar é que se não houvessem
    comunistas,não se justificava a existência da PIDE.Eu lembro-me dum caso dum suposto preso político que depois de torturado foi mandado embora e o Inspector da PIDE disse-lhe:-Tu não sabias o que era o Comunismo,mas agora sabes.
    E êle que até era analfabeto,disse:Pois aprendi na prisão,graças aos senhores.

    ResponderEliminar