quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Charlie Hebdo: um atentado demasiado perfeito

.











Qualquer ataque, como o que aconteceu às instalações de "Charlie Hebdo", é condenável, apesar do facto deste jornal satírico obsessivamente atacar a religião muçulmana.

Ao analisar o "modus operandi" deste ataque verificamos numerosos factos estranhos.





Este ataque foi planeado e executado com um rigor militar.


- Deu-se à hora exacta em que toda a redacção estava reunida,

- Neutralizaram os dois seguranças que se encontravam dentro do edifício,

- Não houve qualquer destruição do local, apenas execuções,

- Os executantes envergavam equipamento do tipo militar,

- Disparam com as suas metralhadoras uma bala de cada vez em vez de rajadas, o que demonstra um treino apurado, 

- Durante a fuga mantêm a calma e o sangue frio,

- Depois de saírem do edifício ainda se deram ao "trabalho" desnecessário de executar um polícia caído no chão em vez de iniciarem a fuga,

- Um pormenor interessante é o facto de antes de entrarem no carro e saírem do local, um dos executantes, com sangue frio, apanha um dos sapatos que tinha caído junto do automóvel.




Saída do local e percurso automóvel impecáveis.


- O carro da polícia chamado ao local, sabendo de um tiroteio com mais de dez minutos, deixou-se infantilmente surpreender pelos atacantes,




- O polícia abatido com um tiro com uma metralhadora a um metro de distância, provoca qualquer sangramento no chão claro do passeio,





- Apesar da zona estar bastante policiada e do transito lento neste local de Paris, o carro conseguiu percorrer metade da cidade sem ser interceptado, fazendo prova de um percurso perfeito.



Poucas horas depois já tínhamos a identidade dos culpados.

- Apesar de encapuzados, pouco tempo depois já era anunciada a identidade dos supostos atacantes,

- Inacreditavelmente, este comando, super preparado e organizado, terá esquecido o bilhete de identidade de um deles no carro que serviu para o assalto! 









.


83 comentários:

  1. Vamos esperar para saber notícias sobre a França e o EI

    ResponderEliminar
  2. Olá Octopus!

    Começamos BEM O ANO 2015! Já escrevi sobre isto! É apenas mais uma!

    O mais engraçado é que a MANADA comporta-se exactamente da maneira como os PASTORES desejam!

    E não saímos disto!

    Grande Abraço
    Amigo
    voz a 0 db

    ResponderEliminar
  3. Desculpa lá os dois comentários!
    A foto do carro da bófia é por demais divertida! Pois até encostaram o carro a um dos lados para o outro conseguir passar por entre o buraco da agulha!

    ResponderEliminar
  4. "O mais engraçado é que a MANADA comporta-se exactamente da maneira como os PASTORES desejam!"

    ResponderEliminar
  5. Não achei perfeito, cometeram vários erros e acho que acabaram por ter alguma sorte. Começaram por entrar no prédio errado. Não sabiam o código de entrada mas conseguiram que alguém abrisse a porta. Quanto ao resto acho que a segurança interna e que acabou por morrer estava mal montada. O polícia no chão e que é muçulmano foi apanhado de surpresa e o carro da polícia não pode fazer nada pq era só 1 com 2 agentes e têm que lutar contra armamento militar. O armamento normal da polícia não é comparável a armamento militar. Acho que a segurança falha sobretudo na prevenção, nas medidas de segurança no jornal e na venda de armamento militar a que os terroristas tiveram acesso.

    ResponderEliminar
  6. O que se passa de errado é a reação da polícia. Primeiro só enviam um carro depois este não se atravessa na estrada como seria de esperar.
    Acho que foi um pouco achar que um ataque terrorista não ía acontecer na França...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem visto: um só carro enão se atravessa na rua para impedir a fuga?

      Eliminar
  7. Veja o meu blog http://realidadeblog.com , estado islâmico (Isis) com ligações á MOSSAD

    ResponderEliminar
  8. Decerto que existem coisas que nos são escondidas. Decerto que existem coisas que são "enfiadas" para nós termos medo. Decerto, decerto decerto... Há sempre pessoas que não acreditam em nada e passam a vida a viver no medo, como vós. Cá para mim devem ter uma teoria qualquer para o maremoto há 10 anos atrás. Já sei, já sei, foi um teste nuclear debaixo de agua, numa fenda tectónica , que originou o terramoto e o maremoto. Ou então o Godzilla... Enfim... Aprendam também a respeitas as pessoas invés de chamarem idiotas a todos da Manada..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro paulo,

      Não tenho por habito escrever e ver conspirações em todas as esquinas, como sabem alguns leitores deste blogue.

      No entanto, não alinho ou engulo qualquer informação divulgada pelos media no poder.

      Antes de publicar qualquer artigo (que não são copy paste) tento informar-me e ver, dentro do possível, todas as teorias.

      Não comungo de qualquer cospiração para tudo e mais alguma coisa, mas tento estar atento, esteja também vocês, veja os vários angulos das questões e depois forme uma opinião que admito ser diferente da minha se a fundamentar.

      Eliminar
  9. Ah! Ah! Ah!
    Grandes ideias e comentarios, como ninguem tinha pensado nisso.

    Na minha breve aprendizagem de medicina legal.

    1- um corpo abatido pode ter hemorragias internas e ou externas, se forem internas a sua visibilidade diminui,como cadaver deixa de ter circulacao e como tal o sangue flui mais lentamente nao sendo visivel nenhuma mancha de sangue enquanto os tecidos as roupas nao estejam ensopadas, a nao ser que se vista uma roupa imaculadamente branca. o que convenhamos nao era o caso.

    2 - Como isto nao era nenhuma fita a holliwood nao houve molho de tomate suficiente para escorrer pelo passeio, a pessoa que filmou a cena amadora estava presente por acaso e filmou en passant em segundos, se o senhor quiser confirmar isto coloque imagens da redacao para ver sangue.

    3 - os terroristas nao sabiam sequer a verdadeira redacao e entraram no numero 6 em vez do 10 so posteriormemte corrigiram o erro, dai que o planeamento matematico tenha sido um fiasco, simplesmente apesar de tudo deu para corrigir.

    Ha um comentario hilariante, a policia nao bloqueou a estrada, verdade, ela tinha sido chamada para um tiroteio num edificio, provavelmente com barricados e refens e nao um ataque a um banco,terroristas, e carros em fuga com missao de cercar e bloquear a zona, foram apanhados de surpresa mas corrigiram perseguiram e ole mataram os terroristas.

    Lamento que procurem desculpabilizar sempre os mesmos, os verdadeiros inimigos do ocidente e procurem argumentos obscuros e idiotas, islamismo lamento dize-lo e inimigo do ocidente, islamismo e terrorismo, nem pretos, nem judeus, nem sul-americanos,europeus,cristaos, hindus, protestantes, matam os outros pela sua fe. So o islamismo o faz quem nao tenha um calendario pode pegar num e assinalar as datas, ainda bem que a esta hora estao a gozar juntamente na companhia do profeta as suas virgens a que tem direito pois ca esse pessoal nao faz falta nenhuma,mas a nossa liberdade de expressao nunca pode morrer quer estas bestas gostem ou nao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo ainda bem que tem "breve aprendizagem em medicina legal", como médico estou perante um "colega".

      Veja imagens (existem muitas na net) de individuos com um disparo a um metro de distância e veja o resultado, corre sangue e não é pouco.

      Quanto a não matar pela fé, a história está repleta de sangue.

      Por último, sempre critiquei a religião muçulmana (se leu alguns dos meus artigos poderá verificá-lo) não vá por aí, o que simplesmente tentei analisar são facto estranhos em todo este ataque, mas só vê quem quer ver.

      Atentamente

      Eliminar
    2. E a sua opiniao, mas nem sempre o sangramento e totalmente externo nem a corrimento de sangue sem primeiro estarem ensopados os tecidos ou vestuario, quanto mais numa cena filmada sem zoom por uma pessoa amadora que apos o tiro fatal nao volta filmar a vitima, se quiser comparacao veja as cenas das vitimas na redaccao muito depois de alvejadas

      Eliminar
    3. O que eu acho e que senhor procura fugir as questoes de facto com argumentacoes laterais

      E repito o inimigo do ocidente o islao pode ir ao passado as vezes que quiser quem mata actulmenté em nome de deus e o islao

      Eliminar
    4. Caro "anónimo"
      Se tivesse sido militar e se tivesse alguma vez estado em "teatros de operações", evitava estar a falar do que não sabe.
      Um tiro disparado aquela distância deixava pedaços dos miolos espalhados pela calçada.

      Eliminar
    5. Ok,estou a tentar seguir o seu racíocionio e fiquei com dúvidas,mas gostava de saber quais são as suas conclusões?
      Já arranjou seguidores,mas segui atentamente os comentários de inspectores da Judiciária ,e não vi nenhum estranhar o que se passou da mesma forma que o senhor. Dê-nos as suas conclusões,já que está tão bem informado

      Eliminar
    6. Caro "anónimo"
      Se tivesse sido militar e se tivesse alguma vez estado em "teatros de operações", evitava estar a falar do que não sabe.
      Um tiro disparado aquela distância deixava pedaços dos miolos espalhados pela calçada”.

      Bom aconselho a ver um vídeo que um amador fez de outro angulo e que mostra o carro da policia a recuar, depois veem-se seis a sete buracos no parabrisas. mas . o senhor como entendido de operações militares la sabe do que fala eu falo de factos que pudemos constatar por filmagens de amadores de ma qualidade e de relance mas que não houve e veja bem repito não houve mioleira espalhada nem pelo carro nem pela rua, se não lhe serve a explicação dos factos e repare dos factos não teorias pois as imagens mostram, paciencia. As conspiraçoes são mais bonitas tem liberdade de expressão cada um pensa o que quer.

      Eliminar
  10. Caro anónimo,

    Um simple pormenor: acha mesmo que um carro de patrulha policial aos intervir num local em que tinha sabido que havia vários disparos se comporta dessa maneira e não atravessa o carro ( como nos filmes) de maneira a que o outro veículo não possa sair da rua?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho, um carro desloca-se a um local de tiroteio sem saber que ia um cenario de terrorismo e enfrentar armas de guerra foram surpreendidos abandonaram o carro na posicao em que esttava e alvejado varias vezes no parabrisas, como nao era uma cena de um filme nao cumpriram o. Guiao nem tinham ordens de cercar a zona e bloquear todas as ruas procuraram por se a salvo

      Eliminar
    2. Polícia chamada oa local: "amatores"?

      Qualquer polícia sabe que em de atracessar o carro quanto chamado a um local de crime!

      Eliminar
    3. Ate pode acreditar no que escreve mas nao e verdade, qualquer carro patrulha que seja chamado a um bairro onde foi relatado tiroteio nao vai bloquear ruas. E perante disparos sobre o carro so um suicida iria expor-se ainda mais atravessando o carro, mas nos filmes isso acontece

      Eliminar
    4. Lamento, mas quando um carro patrulha chega num local, neste tipo de situação, em que a rua é estreita e dá apenas para passarem dois carros, o bjectivo é impedir a fuga, logo não vai "estacionar" para os fugitivos poderem escapar.

      Eliminar
    5. Eu tambem lamento, talvez o senhor depois de ver o para brisas alvejado seis ou sete vezes por uma kalash ainda desse o flanco para melhor ser alvejado de lado. Seria suicida mas esta bem se a missao dos policias e serem suicidas

      Eliminar
  11. Tenho visto muitos documentários, teorias de conspiração, blogues, etc... Se antes estava condicionado para não conseguir ver como por vezes nós somos enganados, emburrecidos, controlados e manipulados, agora, depois de vários anos, é possível que a minha tendência seja a de ver coisas que não existam e de susperitar de tudo.
    Mas prefiro assim... estar na dúvida, desconfiar, não me deixar irar em defesa de "liberdades", passar a analisar e a criar uma opinião a partir de uma perspectiva que a maioria não se lembra...
    Muito sinceramente, nem tudo é mentira, falso, nem tudo é planeado com crueldade. Mas também, várias vezes consegui ver que há manipulação, ainda mais já muita coisa foi oficializada que antes era conspiração, com maior ou menor erro do que era defendido pela conspiração, mas no essencial afinal era verdade.
    Depois da mostrusosa mentira do onze de setembro, que é inegável por quem se dedicar um pouco a investigar... todo o tipo de mentira é possível, para no final tudo se resumir a lucro e conquista, mesmo que seja necessário fazer o papel de ladrão e de polícia ao mesmo tempo.

    ResponderEliminar
  12. Este caso é precisamente o onze setembro americano.
    Não diziam os media ocidentais que um atentado de grande envergadura na Europa estava em preparação?

    Em termos políticos com a "guerra fria" com a Rússia não está em curso? O dólare que já não vale nada não está falido? A subida dos países emergentes não está em curso?

    Tudo isto faz parte de um plano mais vasto para tentar encontrar culpados e manter uma guerra benéfica para o ocidente contra "os maus".

    Para além deste atentado, e vai haver mais e breve na Grã Britânica ou talvez em países insuspeitos, como Portugal, faz parte de um plano par criar o medo, a intolerância e depois a reacção em que todos estarão de acordo para actuar, mas sempre em benefício das ideas estabelecidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ideias estabelecidas??? Quais

      11 de setembro a francesa???ora ora
      quem ja colhe frutos com isto e a extrema direita e marine le pen que ja querem legislacao anti estrangeiros abolicao do espaco shengen etc etc.

      Em tempos um cabo austriaco tambem culpou o sistema as ideias estabelecidas pela desgraca da alemanha e foi preciso uma desgraca maior para corrigir a sua aventura de culpabilizar o sistema as ideias estabelecidas

      Eliminar
    2. Os governos ocidentais precisavam de um atentado de grande envergadura para justificar as suas acções militares actualmente em queda.

      A chamada "extrema direita" francesa faz parte do do plano e nada melhor do que colocar frente a frente os terríveis muçulmanos (4 milhões em França) e a comunidade francesa amedrontada.

      Amanhã uma manifestação de grande envergadura irá reunir a fina nata do lideres europeus e americanos numa encenação convincente de luta necessária contra o terrorismo.

      Objectivo: a necessária luta contra o terrorismo, neste caso a Al-queda (um francising da CIA) e assim justificar qualquer acção militar ou política.

      Deverá ter reparado que curiosamente no mesmo instante que se dava a acção da polícia contra os supostos culpados, havia uma outra de um muçulmano que era abatido por ter sequestrado pessoas num mini-mercado...judeu.

      François Hollande foi muito claro, este último atentado (contra os judeus) foi abominável e anti-semita.

      Lá vem outra vez a mistura entre os muçulmanos e os judeus.

      Um acaso...

      Eliminar
    3. Quais operacoes militares em queda qual que, essas operacoes ja decorrem ha muito tempo nao precisam de nova legitimidade, alias estas bestas assim como muitas outras na europa estiveram la, a maior parte depois do deslumbramento apanha um banho de realidade e volta frustrada, muitos colaboram com as autoridades. outros fanaticos fazem o que estes fizeram.a luta contra o estado islamico e Al kaeda e sempre legitima.

      O que e triste e que bestas destas beneficiando do nosso sistema da nossa liberdade que la nao possuem, a usem para matar quem lhes permite isso.

      A extrema direita colhe frutos pois abomina estrangeiros e isto vem a calhar para ganhar ainda mais votos para alem dos da crise economica.

      O que estas bestas fazem desde o 11 setembro e lancar um estigma sobre todos os arabes mesmo aqueles que so'querem ganhar honestamente a vida,as pessoas ja nao confiam em arabes

      A mistura com judeus foi feita pelos terroristas propositadamente ao sequestrarem refens num supermercado judaico, estando os terroristas sintonizados, o que os irmaos na grafica nao sabiam e que estava la uma pessoa no armazem que se escondeu e ia passando sms as autoridades, mas para alem disto acontece que por muito que queira nao encontra destas accoes nos judeus, por isso o estigma atinge-os sempre a eles islamicos

      Vai me desculpar e a inocencia e muito bonita mas sabendo nos de historia e do relacionamento entre estas organizacoes e judeus acreditar que um supermercado judeu foi um acaso, pois como o terrorista morreu nao ha a quem perguntar se era essa a sua intencao anti semita ou nao, mas como eu disse os precedentes contam e se nao forem contraditados para mim sao validos, ele morreu restam os precedentes,a intencao era atacar judeus e meter mais achas na fogueira, hollande tem razao.

      Eliminar
    4. A palavra "acaso" no caso da ataque ao mini-mercado judeu foi colocada irronicamente, claro que não foi puro acaso.

      Foi uma manipulação intencional para manipular a opinião pública, só não estamos de acordo sobre os fins a atengir.

      Eu penso que se trata de um acto deliberado do governo francês para por achas na fogueira, vocês, como é do seu direito e que respeito, acha que se trata do mesmo plano islâmico contra os judeus.

      Os próximos dias talvez esclareçam as coisas, apesar de não confiar minimamente nas informações dos media vigentes.

      Eliminar
    5. Seja, o que o senhor nao consegue e apresentar os judeus como autores destes atentados, por isso o estigma esta onde esta

      Eliminar
    6. Com todo o respeito, nunca disse que se trata de um atentado judeu.

      Mas é curioso que do meu do nada, nesta acção "terrorita islâmica" contra um jornal islamofóbico, simultaneamente aconteça um ataque contra um mini-mercado judeu, é de facto curioso.

      Eliminar
    7. "om todo o respeito, nunca disse que se trata de um atentado judeu."

      E quem disse isso????? ora leia la de novo o que eu escrevi, eu disse que o senhor não consegue apresentar os judeus em nenhuma parte cometendo este tipo de atentados, leia de novo.

      Eliminar
  13. http://www.pakalertpress.com/2015/01/10/false-flag-paris-shooting-appears-fake/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+pakalert+%28Pak+Alert+Press%29

    ResponderEliminar
  14. Sobre os supostos atacantes, ainda sei muito pouco... Mas, não me surpreendeu mesmo nada que, para não variar, acabassem eles mortos - pois, é esse o resultado final habitual, quando os governos ocidentais dizem ter sido este ou aquele o autor autóctone de muito estranhos atentados, ocorridos em solo ocidental.

    E, para não variar, as imagens desses mesmos atentados, não revelam a identidade de quem o governo diz terem sido os culpados.

    (Não me ponham a ouvir supostas entrevistas à imprensa controlada - pois, os telefonemas que supostamente ocorreram desde os aviões, nos atentados de 11 de Setembro, há mais de uma década atrás, em termos de tecnologia, foram vozes claramente falseadas...)

    Mas, uma coisa que me surpreendeu muito na filmagem dos ataques que foi exibida, foi também o sangue frio de quem tudo isto filmou.

    (Que não treme, não entra em pânico, não se esconde - e que continua a filmar, sem problemas ou medo...)

    Isso é mesmo muito estranho... E, condizente com alguém que fosse cúmplice de tais atentados, que estava lá para a mediatização dos mesmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é amigo Fernando,

      Neste tipo de atentados acontecem sempre vários padrões: os jornalista chegam sempre antes da polícia, encontram sempre um passaporte ou bilhete de identidade dos supostos atacantes e acabam sempre mortos...

      Eliminar
    2. Mais uma vez nao e preciso no que diz.

      Nem os jornalistas nem a policia sabiam o que quer que fosse, entraram no numero errado, foram filmados por um cidadao amador por acaso, depois foram para o edificio correcto, obrigaram uma fuuncionaria a digitar o codigo de abertura da porta e depois aaparece a policia. E como nao ha crimes perfeitos no abandono da viatura e roubar outra perderam um documento.

      E isto assim nao presta , a'realidade sem ficcao nao da um romance vendavel.

      Eliminar
    3. É mesmo... Mortos não contam histórias. (E, desta maneira, não reclamam a sua inocência - ou, caso tenham sido mesmo estes os autores dos atentados, não denunciam a hierarquia que os ordenou a fazer tais coisas.)

      Eliminar
    4. Acho a sua argumentacao demasiado estapafurdia mas vou-lhe dizer que as filmagens foram feitas de cima para a rua alguem dentro de uma janela que por curiosidade sacou de um telemovel, nao tem qualidade mas sao testemunhos vitais do horror de alguem que mata alguem ferido num passeio e que num ultimo folego sabendo que ia ser morto levantou o braco em mesiricordia,

      Quem filmou estava em seguranca se calhar o senhor devia-se interrogar acerca do possivel negocio se foi o caso para ela ou ele ceder as imagens, ate pode ter sido gratuito, o senhor preocupa-o as tremuras nas filmagens,ha sempre quem veja o acessorio

      Eliminar
    5. Organizados, dizem-nos que entraram num edifício errado, não sabiam ao que vinham fazer, realmente só um filme.

      Como não há crimes perfeitos, apesar de aparentarem saber o que deveria fazer, com sangue-frio, até tiveram o cuidado de apanhar um sapato esquecido antes de fugirem, o que é perfeitamente normal nessas circonstências, parece mesmo um filme.

      Por fim, qualquer pessoa que vai fazer um atentado não se esquece de levar o seu B.I., como é normal, e de o esquecer no carro, como nos filmes.

      Neste caso a ficção ultrapassa a realidade...

      Eliminar
    6. Ao anónimoo que refere a "argumentação demasiado estapafurdia" tenho a responder o seguinte:

      - Eu próprio também costumo ir para os telhados de edifícios às 11h30 da manhã, é uma espécie de fetish.

      - Para ser mais convicente, também costumo filmar uma cena com padrões de fraca qualidade para parecer mais real.

      -Quanto à cena da execução de um polícia caído por terra costumo, aí sim, não tremer e mostrar com qualidade a sua execução para percorrer as televisões do mundo e ser a imagem choque.

      Eliminar
    7. Pois foi mesmo isso que aconteceu, a nao ser que o senhor nao imagine aquilo como locais de trabalho e em que esta tudo de manha a dormir , tirando as horas talvez mais cedo foi isso que aconteceu,'alguem ouviu tiros sacou de um telemovel e filmou. aconselho-o a rever os seus parametros, muitas vezes informacao sobre acontecimentos sao feitos e passados por amadores

      Essa sua historia do sapato e uma mera banalidade, faz-me lembrar as ficoes infantis da historia da cinderela. se uma pessoa puder apanha o sapato sem perder muitos segundos.adiante.

      Quem falou numa operacao super organizada eficientemente executada foi o senhor, eu limitei-me por factos a dizer que nao foi nada disso.

      Uma pessoa levar documentos principalmente se acautelaram a fuga para fora do espaco shengen era fundamental depois de um ataque destes, so alguem muito inocente nao ve isso, melhor sorte teve a rapariga do atentado ao supermercado que ja parece esta fora do espaco shengen.

      Eliminar
    8. E, só para completar o que eu disse...

      O normal, nos atentados terroristas que são autoria dos próprios governos ocidentais, é serem usados "patsies" (não sei qual a melhor tradução em português) que: ou estão sob as ordens dos serviços secretos locais; ou pertencem de facto a "organizações" terroristas que são extensões de (/controladas por) esses mesmos serviços secretos - "patsies" esses, aos quais é dito para estarem neste ou naquele local, para poderem ser vistos nos mesmos (e, deste modo, construirem aquela que será a versão oficial dos acontecimentos) e os quais são depois mortos, para não poderem contar histórias.

      Mas, a execução dos atentados, em si, é normalmente feita por elementos altamente profissionais que pertencem a forças e serviços governamentais. Pois, os ditos "patsies" são normalmente meros amadores (e são precisos elementos muito profissionais, para garantir que não há falhas - e que é tudo muito bem executado, tal como foi planeado).

      Relativamente aos atentados (se é que foram mesmo "atentados" e não passou tudo de uma encenação) ocorridos em Boston há dois anos atrás, por exemplo, há imagens do irmão Tsarnaev mais velho, que supostamente morreu num tiroteio, a render-se à polícia. E, reparem em como o irmão Tsarnaev mais novo - se é que ele ainda está vivo, do qual nunca vi provas - muito convenientemente não está em condições de falar.

      Mortos não contam histórias.

      Eliminar
    9. Apenas estou a uma opinião e estranheza em relação a facto e imgens divulgadas.

      Os meu comentários serão sempre abertos a críticas, quando fundamentadas.

      Não consigo explicar certos pormenores das filmangens. Não consigo compreender o pormenor do sapato. Não consigo explicar o B.I. esquecido.

      As suas explicações não explicam cabalmente esses factos. Só isso.

      Eliminar
    10. "As suas explicações não explicam cabalmente esses factos. Só isso"

      Pois não, para quem não quer acreditar no que aconteceu e criar uma realidade ficcionada e conspirativa nada pode bater certo. mas a sua não tem pés nem cabeça.

      Eliminar
    11. Continua a não explicar o tal B.I. :)

      Eliminar
    12. “Continua a não explicar o tal B.I. :)”


      Para si, viu com a tal sujeitinha que fugiu passou a fronteira de shengen na turquia sem ser detida mostrando o documento, as camaras filmaram tudo na maior das calmas, agora eu concordo que o senhor depois de cometer um atentado e ter posto em alarme as policias enquanto não o identificassem pois poderia atravessar livremente as fronteiras do espaço shengem sem sobresaltos, se, repare bem, se tivesse documentação caso contrario não passava sem B.I., a policia retinha-o para identificaçao e o senhor era apanhado. O problema deles foi perder o B. I. E serem identificados, a partir dai estavam fichados no espaço fornteirico shengem, e não passavam.

      Mas claro que eu compreendo que so idiotas que querem fugir a policia vão andar sem documentos identificativos para melhor serem apanhados. Ouça agora uma coisa bem simples, ao abandonar o carro caiu-lhes o documento, foi a desgraça deles, caso contrario a policia não sabia os autores do atentado e uma vez chegados a uma fronteira shengen com os documentos passavam nas barbas da policia.

      Eliminar
    13. Não sei bem se vale a pena responder?

      Os sujeitos de que estamos a falar viviam em França, nada disto tem a ver com o espaço Shengen, já lá estavam, são cidadãos franceses.

      Nenhum "jahidista" vai para um ataque com os seu B.I. e muito menos se esquece dele quando tudo foi planeado ao pormenor!

      Eliminar
    14. "Os sujeitos de que estamos a falar viviam em França, nada disto tem a ver com o espaço Shengen, já lá estavam, são cidadãos franceses."

      é que não vale mesmo a pena se o senhor não se informar, eles não iam viajar pela europa pelo interior do espaço shengen apos os atentados mas iam viajar fugie entende para fora do espaço chengen para outros países e ai eram barrados nas fronteiras exterirores do espaço shengen se não tivesse documentos

      Eliminar
  15. http://pontiactribune.com/censored-footage-paris-terror-attack-raises-serious-questions-video/

    ResponderEliminar
  16. http://paginaglobal.blogspot.pt/2015/01/quem-ordenou-o-ataque-contra-o-charlie.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+PginaGlobal+(P%C3%81GINA+GLOBAL)

    ResponderEliminar
  17. https://eumeswill.wordpress.com/2015/01/11/tu-est-un-con/

    ResponderEliminar
  18. Eu, tal como Octopus também desconfio desta trama. E associo estes factos ao exemplo falhado do abate do Boing sobre a Ucrânia. É importante perceber quem está interessado em provocar este conflito. Porquê esta pronta manifestação quando milhares de mortos em Gaza, no Iraque, na líbia e em tantos outros, nunca sensibilizaram estes manifestantes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Porquê esta pronta manifestação quando milhares de mortos em Gaza, no Iraque, na líbia e em tantos outros, nunca sensibilizaram estes manifestantes?"


      Vou-lhe responder eu então como cidadão europeu que não tem o mínimo interesse com os arabes ou o que eles fazem.

      O atentado foi na europa, nem em gaza, no iraque ou na libia, por isso para mim é me indiferente o que eles façam a si próprios nos seus países, se se matam degolam raptam crianças como em africa ou o que quer que seja. Já não me é indiferente a mim e a milhares de europeus que venham fazer isso a nossa casa, tentando amedrontar-nos na nossa vida quaotidiana e nos nossos valores

      Eliminar
  19. Outra coisa que não consigo explicar foi que 88.000 policias a cercar duas pessoas tiveram tanta pressa em os matar. As muniçoes desses dois eram inesgotáveis? Tinham condições para aguentar aquele cerco?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conforme me contaram pois não li nem vi, eles é que decidiram morrer como martires e lançaram-se em ataque suicida contra a policia aos tiros. portanto a ser verdade a pressa em morrer partiu da condição de virem a ser martires

      Eliminar
  20. Vale a pena lembrar das mentiras do atentado de Boston:

    http://www.pakalertpress.com/2014/04/17/pictures-that-prove-double-amputee-was-an-actor-at-boston-bombings/

    http://www.pakalertpress.com/2014/04/16/the-boston-marathon-bombing-a-compendium-of-research-and-analysis/

    ResponderEliminar
  21. http://economico.sapo.pt/noticias/charlie-hebdo-despediu-cartonista-por-antisemitismo_209597.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é tudo e todos são criticáveis.

      Todas as religiões são criticáveis, excepto a judaíca, por esso é logo classificado como anti-semitismo.

      Eliminar
    2. Todas as religiões são criticáveis, excepto a judaíca, por esso é logo classificado como anti-semitismo

      Ah sim? os judeus tem feito muito disto comece a dar exemplos

      Eliminar
    3. A judaíca é igual ou pior de que as outras religiões, tem os mesmos vícios apesar de só querer as virtudes que não tem, julga-se superior quando faz apenas parte da mesma manada.

      Eliminar


    4. “A judaíca é igual ou pior de que as outras religiões, tem os mesmos vícios apesar de só querer as virtudes que não tem, julga-se superior quando faz apenas parte da mesma manada.”


      Gostei do termo manada embora não faça parte dos meus pastos, mas é de alguém que julga muita sabedoria sendo todos burros, todos menos eles os da manada claro, presunção e agua benta........ já diziam os antigos. São os que acabam por se revelar piores do que o que pretendem adjectivar, adiante

      O senhor anda no dominio das teorias e acima de tudo conspirativas , ja lhe disse que nenhuma religião prega, faz, o que faz o islão. Se tem exemplos que os judeus ou outras religioes fizeram o que os arabes fizeram no 11 setembro, em londres, em atocha, em paris, com salman rushie, com o jornal dinamarques qua ha tempos publicou uns caartoons, diga-os e deixe as insinuaçoes de lado.

      Eliminar
    5. Lamento, não são insinuações, são factos que só vê quem quer.

      As teorias "conspirativas" (como refere) acabam quando muitos factos desses atentados estão por explicar.

      Como já deve saber sou ateu e considero as religiões como uma invenção do homem para tentar factos inexplicáveis num dado momento.

      Mas se defende a liberdade de expressão em relação às não judaícas porque não aceitas as críticas em relação a essa.

      Porque é que a religião judaíca está sempre "potegida" e qualquer individuo que a critíca é logo conetado como anti-semita, quando nada disso se trata?

      Vou-lhe dizer mais, ao longo destes anos sempre foi criticado de anti-semita (o que não sou, anti-sionista sim) quando criticava os judeus e quando defendi o direito de intervenção (como foi o caso da intervenção em águas israelitas em relação à "ajuda humanitária" de um barco turco) foi acusado de pró-israelita. Ficamos em quê?

      Eliminar
    6. Não me interessa se é ateu ou não, não é nenhum sinonimo de paz e de bondade e se diz que as outras religiões são iguais prove-o com factos. diga quem sequestraram quem mataram quem ameaçam onde cometem actos de terrorismo , mas não va as cruzadas nem a inquisição situe-se na época actual e de exemplos deixe de insinuar e refugiar-se no chavão são todas iguais procura desculpabilizar a responsabilidade do islão actual e dos seus mentores islamo fascistas

      a religião judaica não esta nada protegida simplesmente não faz estes actos, não se mete com ninguém nem andam a impor alterações ou não aceitar legislação existente nos países de acolhimento, vivem pacificamente e discretamente como deve ser.

      Eliminar
    7. “Vou-lhe dizer mais, ao longo destes anos sempre foi criticado de anti-semita (o que não sou, anti-sionista sim)”

      O senhor ainda é dos que navega nessa nebulosa???? Não lhe vou explicar nada porque não vale a pena ja vi. E se quer a minha opinião não ha anti sionismo hoje em dia, o sionismo era uma corrente politica que tinha em vista uma concrfetização a criação de um estado para os judeus que se chamou israel. Com a criação deste estado esgotou-se esse objectivo . O anti-sionismo quer apenas atacar a legitimidade da existência do Estado de Israel, negando ao povo judeu o direito básico a sua própria pátria. É o que os críticos de Israel fazem quando ignoram fatos históricos para tratar os israelenses como uma entidade coletiva sinistra que paira sobre o Oriente Médio para fazer chover mísseis da morte.os anti sionistas hoje em dia são somente isto.

      Mas deixo-lhe um excerto de uma carta de martin luther king.

      MARTIN LUTHER KING

      “O anti-sionismo é inerentemente anti-semita. É a negativa ao povo judeu de um direito fundamental que justamente clamamos para os povos da África, com o quê, livremente, outras nações do globo se põem de acordo. É discriminação contra os judeus porque eles são judeus. Resumindo, é anti-semitismo”.

      Eliminar
    8. Não concorde minimamente com esta citação em baralha um direito de um povo, como qualquer povo, e a sua vertente política de direito à ocupação de outros povos.

      Os arménios também, como outros "povos" terão direito ao seu "território" e não vêm com isso revendica-lo com treta torá/biblicas!

      Eliminar
    9. Qual treta tora biblicas' não me diga que foram os judeus ortodoxos que pretendem um estado israelita fundado por um messias que criaram as ideias politicas do sionismo, eu estava pensando que tinha sido um jornalista judeu europeu no seculo XIX .Não é exclusivo dos judeus o facto de entre os perseguidos se ter gerado uma reacção nacionalista que, encontrando oportunidades de desenvolvimento favoráveis, se converteu em imperialismo. Esta é a armadilha que todo o nacionalismo coloca às pessoas de esquerda, que apoiam o nacionalismo quando ele aparece como uma defesa de povos oprimidos, sem verem que, se conseguir efectivar-se na prática, esse nacionalismo inevitavelmente se desvendará como um imperialismo. aquelas mesmas correntes ideológicas que ontem apoiavam o nacionalismo sionista dos judeus, com o argumento de que eles eram perseguidos pelos nazis, apoiam hoje o nacionalismo árabe, com o argumento de que os palestinianos são perseguidos por Israel para apoiarem quem amanhã e com que argumento? nem todos os judeus concordavam e concordam com a existência ou com as práticas do governo do estado de israel. Na visão religiosa o estado só podia ser fundado por um messias, daí que quem veja mais além sem ideologias a turbar consegue perceber porque umas estranhas criaturas de preto chapéu e cabelo dos lados em trancinha foram a uma conferencia em teerão. Para outros é muita areia paciência. Muitos sequer interpretam que o “retorno à Terra Santa” significava algo concreto neste mundo.
      Ocupação de outros povos quais ocupação de outros povos? Não me diga os palestinos que so comecaram a ser assim com arafat nunca foram um povo. São arabes cristãos etc etc. esse territorio era um dos que faltava dividir na palestina pos saida do ingleses.

      Os armenios e os curdos tem também direito ao seu territorio sim.tem a sua area o seu terreno, tal como os judeus e sem recorrer a biblia mas a historia indo so ate aos romanos e não ha uma monarquia de sacerdotes judeus.

      Eliminar
    10. Está me a dar razão quanto tento analizar as ocupações em nome de "livros divinos".

      O que sempre ddfendi é que os judeus, como outro qualquer povo, históricamente tem direito ao seu território.

      Não concordo é que para isso tenham que subjugar outros.

      Estou de acordo consigo que os que apoiavam o nacionalismo sionista, hoje em dia apoiam o nacionalismo árabe.

      Essas pessoas de "esquerda" que refere, por falta de ideologia e perda dos valores, actualmente tenta identificar com "ideologia na moda".

      Sempre critiquei que a bipolaridade de esquerda/direita, a "esquerad" se converteu em defesa de minorias e sobretudo na defesa de ideoligias ecologistas partido do presuposto que a Terra necessita de ajuda, contribuído para fazer o jogo do capitalismo selvagem vigente.

      Eliminar
  22. https://mardencarvalho.wordpress.com/2015/01/09/tem-coisas-que-nao-encaixam-no-atentado-contra-a-revista-charlie-hebdo/

    ResponderEliminar
  23. A única explicação possível para a bizarra ausência do sangue na execução do policia é a de que o tiro fatal não o tenha atingido na cabeça, mas sim num local onde foi possível que o sangue tivesse sido temporariamente retido.
    Também andei a debater-me com esta dúvida e esta foi a melhor explicação para este bizarro acontecimento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro,

      De facto bizarro, bizzaro...

      Eliminar
    2. Mas qual bizarro, é uma realidade cientifica e uma explicação racional, a não ser quem veja muitos filmes com pasta de tomate

      Eliminar
  24. Depois de ler atentamente toda a troca de palavras nos comentários....tenho a agradecer a OCTOPUS os posts que publica com uma visão tão lúcida e inteligente dos acontecimentos que nos são impingidos nos "MEDIA" ocidentais. Acompanho-o desde o início e com muito gosto. Retive a ideia de que a AL QAEDA é um franchising da CIA....eu não diria melhor!! Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigo eu, pena é que sejamos tão poucos...

      Eliminar
    2. AL QAEDA é um franchising da CIA....eu não diria melhor!! Obrigada

      Mentira é preciso ler e ser concisos na historia, na guerra do Afeganistão contra os russos, os americanos ajudaram os mujahedines, depois dos russos saírem houve por la uns senhores da guerra ate surgirem os talibas, apareceu a al qaeda já em conflito com os eua da america, mas não vou aprofundar o tema nem o facto do bin laden depois da primeira guerra do iraque ter sido expulso da arabia pelos parentes ter ido para africa e depois Afeganistão tendo-se antagonizado com os americanos, isso é historia

      Eliminar
  25. http://www.orientemidia.org/em-sucessivos-enganos-os-eua-continuam-fornecendo-armas-ao-estado-islamico-isis/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook&utm_campaign=em-sucessivos-enganos-os-eua-continuam-fornecendo-armas-ao-estado-islamico-isis

    ResponderEliminar
  26. Caro anónimo,

    obrigado pelo link

    é de facto extremamente interessante, vou estar atento.

    ResponderEliminar
  27. Efeitos de tiro de arma automática a curta distância: http://cabuloso.xpg.uol.com.br/portal/images/galleries/9907/40080.jpg

    ResponderEliminar
  28. Este caso faz-me lembrar os célebres massacres de brabante perpretados pelo exército secreto da nato,entre 1982 e 85...

    ResponderEliminar
  29. https://mardencarvalho.wordpress.com/2015/01/09/tem-coisas-que-nao-encaixam-no-atentado-contra-a-revista-charlie-hebdo/

    ResponderEliminar
  30. Pessoas honestas não se deixe enganar. É bastante fácil de identificar o que não é verdade. Para detectar pessoas tentando anuviasse a questão. Lembre-se porém, que alguém que não é experiente, que não fez trabalho de campo para encontrar a verdade também pode aparecer ser desonesto. Tudo porque eles não revisaram todos os fatos e seus conhecimentos ainda não evoluiu ao ponto de alguém que passou o tempo para rever os fatos.

    ResponderEliminar