quarta-feira, 2 de novembro de 2011

A face oculta do movimento dos "Indignados"

.



O movimento dos "Indignados" é visto como espontâneo, justo e simpático. Desde o início atraiu muitos cidadãos de boa fé, em especial os jovens. 
Na realidade o movimento poderá ocultar objectivos que nada têm de indignação.





Nota importante: este texto não pretende, de forma alguma, desacreditar todos aqueles que participaram e apoiam de maneira genuína o movimento dos Indignados.



Alguns factos levantam algumas suspeitas:


1º - O lançamento de um livro banal, mas que beneficiou de um marketing elaborado.



Foi o livro, "Indignai-vos!" de Stéphane Hessel, que inspirou o nome do movimento. Trata-se de um pequeno livro de poucas paginas, de leitura fácil, e que mais parece um panfleto. Foi escrito com base nas várias declarações de Stéphane Hessel, de 93 anos, herói da Resistência francesa.


Este livro, escrito de uma forma muito simples, propõe a indignação como atitude legítima, mas é uma decepção quanto ao conteúdo e ás soluções que pura e simplesmente não são referidas. A única atitude clara que propõe é uma indignação pacífica.


Este livro beneficiou de uma promoção mediática extraordinária e de uma rede de distribuição excepcional em todo o mundo, tendo sido vendidos milhões de exemplares.


A pergunta que impõe é: porque é que um livro banal, extremamente fácil de ler, sem qualquer analise de fundo, beneficiou de tamanha publicidade? Quem está por trás desse marketing?


Este verdadeiro manifesto parece ter sido escrito por especialistas em marketing com o objectivo de criar um movimento que se indigna, sim, mas que não apresenta soluções, apenas preconiza manifestações e ocupações pacíficas. No fundo, essas são óptimas panelas de escape para o povo que poder estabelecido agradece, evitando assim revoltas populares.



2ª - A mediatização internacional de que este movimento beneficiou.

 
O livro de Stéphane Hessel beneficiou, além de uma promoção internacional pouco comum, de uma mediatização política e mediática extraordinária.


Curiosamente, o movimento dos Indignados não se iniciou em França, como teria sido lógico, mas sim em Espanha, mas logo nos primeiros dias teve uma cobertura mediática internacional pouco habitual. Todos nós sabemos, que os movimentos que se opõem ao "Sistema" têm uma dificuldade extrema em ser tema de destaque nos media.



Mais uma vez, a pergunta que se põe é: como é que o movimento dos Indignados teve em poucos dias um acesso tão facilitado ao meios de comunicação social? Quem está por trás dessa mediatização?




3º - O movimento dos Indignados continua sem analisar profundamente os problemas e sem propostas concretas.


O movimento continua sem qualquer analise económica e política de fundo. Apesar de questionar o poder financeiro, o papel real dos Estados Unidos na crise e nas guerras em curso ou o papel determinante da NATO ou da União Europeia na política actual, não são postos em causa.


Este movimento cultiva sobretudo o protesto pacífico e sugerem uma governação mundial para por fim aos problemas económicos e sociais actuais.


A pergunta que se coloca é: quem é que tem mais interesse em cultivar um movimento pacífico que serve de escape ás possíveis revoltas populares? Quem é que tem interesse em desenvolver a ideia de uma governação mundial para "resolver" os problemas actuais?






Um movimento consensual, até para as grandes fortunas.


Não deixa de ser preocupante o facto de pessoas como George Soros, Warren Buffet ou o CEO da General Electric apoiarem o movimento dos Indignados. Poderemos ter assim, milhares de participantes sinceros nestes movimentos que poderão estar a trabalhar, na realidade,  para o contrário das ideias em que acreditam.




Por trás do movimento "15 outubro"


No dia 15 de outubro, o movimente estende-se a todo o planeta, pela primeira vez na história mundial mais de 15 milhões de pessoas, em mais de 60 países, desfilaram para uma mudança global. O site oficial do movimento é: "http//15october.net/". Se visitar-mos o site "http//who.godaddy.com/", a base de dados do registo de todos os sites no mundo, até ao dia 18 de outubro, o titular era:

« Paulina Arcos
866 United Nations Plaza
Suite 516
New York, New York 10017
United States »


Quem diabo será Paulina Arcos? Esta é a mulher de Francisco Carrión Mena, representante permanente do Equador e presidente de um comité especial da ONU. Curioso, será que, a ONU está por trás deste movimento?


Mas, as surpresas não ficam por aqui. A morada 866 United Nations Plaza New York também é a morada de Lucis Trust.



O que é o Lucis Trust?


No seu site oficial, descreve as suas actividades como sendo de promoção da educação do pensamento humano com vista a a por em prática valores e princípios espirituais para a construção de um a sociedade mundial estável e interdependente.

Símbolo de Lucis trust New Age


Lucis trust é uma empresa sem fins lucrativos, criada em 1920 em Nova Iorque, por Alice Bailey e o marido Foster, com a finalidade inicial de promover os 25 livros esotéricos escritos por Alice Bailey.


Inicialmente a empresa chamava-se "Lucifer trust", mas por razões óbvias, o nome foi mudado mais tarde para o actual: Lucis Trust.


Em 1932, essa empresa fundou o "Movimento Mundial da Boa Vontade", este foi reconhecido pela ONU como uma ONG, e está presente nas sessões da ONU como membro do Conselho Económico e Social da ONU.



Quem está por trás do movimento "Occupy Wall Street"?



Segundo jornalistas de investigação da agência Reuters, por trás de Occupy Wall Street estará, nada mais nada menos de que George Soros. Este homem de 81 anos possui a sétima maior fortuna dos Estados Unidos, avaliada em 22 mil milhões de dólares.


Apesar de negar qualquer intervenção nesse movimento, os jornalistas da Reuters descobriram que uma organização com sede no Canadá, Albusters, estava a preparar uma campanha extremamente sofisticada de uma "ocupação" pacífica de Wall Street, à semelhança dos movimentos das primaveras árabes.


Adbuster é financiada por George Soros. Entre 2007 e 2009, este duou 3,5 milhões de dólares ao centro Tides, uma organização que serve de ecrã para a distribuição de fundos da qual faz parte Adbuster que terá então recebido nesse mesmo período 185 000 dólares.


A ideia do movimento Occupy Wall Street terá sido preparada a partir do dia 13 de julho, segundo um dos fundadores de Adbuster, Kelle Lasn.


Recentemente, Mikhail Gorbachev, personagem que se tornou extremamente influente na ONU e membro do Lucis trust, disse que Occupy Wall Street representava o sinal de uma Nova Ordem Mundial. Mikhail Gorbachev é o fundador do chamado "Forum do Milénio" e a sede dessa organização situa-se no...866 United Nations Plaza, Suite 120, New York. Coincidência?




Finalmente, mais um pormenor:
o site do "movimento 15 outubro"mudou no dia 19 de outubro para:

DomainsByProxy.com
15111 N. Hayden Rd.., Ste 160, PMB 353
Scottsdale, Arizona 85260
Estados Unidos

Russell Simmons, milionário americano e Jimmy Wales, co-fundador de Wikipédia (mais uma coincidência) também apoiam o movimento Occupy Wall Street





http://www.lucistrust.org/

http://infoguerilla.fr/?p=12365#more-12365

http://15october.net/

http://who.godaddy.com/

http://www.ipsgeneva.com/directory/Detailed/142.html

http://www.reuters.com/article/2011/10/14/us-wallstreet-protests-origins-idUSTRE79C1YN20111014






    

12 comentários:

  1. Tás mesmo apanhado da cabeça, deves ser um capitalista com medo de perder o BMW

    ResponderEliminar
  2. Com tanta conspiração resta ficar em casa e não fazer nada!?!!?
    Nao me parece...

    ResponderEliminar
  3. É pena então que esses que fala, não lhes devolvam os geradores que tinham em NY, que alimentava todo o equipamento técnico e lhes dava aquecimento. http://www.ustream.tv/recorded/18158973#utm_campaign=t.co&utm_source=18158973&utm_medium=social

    Acredito mais que é necessário começar a boicotar com desinformação, porque não há prisões que cheguem para meter todos a nivel mundial na prisão.

    E mesmo com frio, a luta sem violência (exemplo para todo o mundo, que está confortavelmente sentado no sofá a olhar para a casa dos segredos), estão a mobilizar a atenção mundial para areas vitais que têm de ser mudadas.
    http://occupywallst.org/

    ResponderEliminar
  4. Dia 05/11/2011 às 23:00h
    (Horário de Brasília)
    Nosso blog promoverá a maior invasão de profanos a um site oficial da Maçonaria.
    Todas as instruções serão postadas no blog.
    Não é preciso ser hacker nem entender de programação para participar.
    Tudo será simples e fácil.
    A invasão será promovida no espaço de apenas 01 hora.
    Avise seus amigos.
    Tudo aquilo que está oculto será revelado.

    http://invasaodaverdade.blogspot.com/

    Sucesso e felicidade sempre para você! ;D

    ResponderEliminar
  5. Por detrás do movimento está o siono fascismo nazi mundial. A técnica de criação com aspecto de nascimento expontaneo e o aparecimento de chefes manipuladores depois sõa tecnicas tipicas do sionismo. E se verificarem pelos nomes e investigarem vão ver que são sionistas quem acaba por manipular tudo. E com dois objectivos em alternancia. O primeiro é que com os protestos as pessoas descomprimem a ira. O segundo, em alternativa é que se não conseguirem evitar a explosão do movimento eles já estão no controlo e, desse modo, ganham sempre. Para que alguma vcoisa resulte os sionistas têm que ser afastados dos movimentos. Aprendam a identificá-los.

    ResponderEliminar
  6. O artigo é traduzido de um outro ou é originalmente vosso??

    ResponderEliminar
  7. Caro Czarli,
    Trata-se de um artigo original, sendo que a pesquisa sobre a morada do site "15october.net" provem de uma investigação de: http://infoguerilla.fr/?p=12365#more-12365
    referido no artigo.

    ResponderEliminar
  8. Obrigado pela informação.
    Uma dica, deveriam talvez traduzi-lo para inglês para que chegue a mais pessoas.

    ResponderEliminar
  9. No entanto faz sentido que a lucis trust(e outros) possa estar envolvida na formação desse movimento,os illuminati dizem estar por trás de todas as revoluções contra o poder estabelecido,sei que muitos estão a denunciar os illuminati como sendo a fonte do poder estabelecido mas no site www.armageddonconspiracy.co.uk conta-se outra história.

    ResponderEliminar
  10. Tanto disparate junto.

    Ah, e antes mil vezes a Lucis Trust que as diabólicas igrejas (ditas) cristãs.

    ResponderEliminar
  11. Ateísmo é uma religião produzida pelos Iluminati na intenção de desacreditar situações estranhas (paranormalidades extra-físicas)com o objetivo de manter as rédeas do poder.Mesmo que a religião Mayavadi (ateísta)exista desde os primórdios da cultura védica (4500 anos atrás), ela é junto com as religiões personalistas, apenas mais uma crença, só que no impessoal, ou seja Deus se manifesta na natureza, na causa e efeito,no não-conhecido, no nascimento,no crescimento (evolução) na manutenção e na decrepitude das coisas.Na visão mayavadi,pessoas ao desencarnaram voltam a diluir-se no Todo.Só no ocidente mesmo para terem um bando de idiotas (ateus?) que ficam iracundos atacando pessoas de crenças diferentes como se isso fosse tão importante na vida, já que o importante é manter-se vivo,ter saúde,responder as próprias necessidades existencias,inclusive os prazeres pessoais.Aí quando acontece certas coisas não entendidas, os bucéfalos ficam escrevendo só asneiras e ainda se posam de inteligentes.Piada!

    ResponderEliminar
  12. Puro e duro... Acabar com os politicos e exigir pessoas competentes, JUSTA E HONESTAS no governo do País (não são necessários duzentos e tal palhaços parasitas...) e entretanto partir pórticos e tudo o que seja simbolo ou ferramenta para continuarmos a ser ROUBADOS todos os dias...

    ResponderEliminar